ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-
Acessibilidade

POSTADO EM 06 out 2021 · Administração · pirenopolisnossobemmaior · prêmio · prefeitos mais influentes de goiás 2021 · Nivaldo Melo

Nivaldo Melo é contemplado com Prêmio Prefeitos Mais Influentes de Goiás – 2021

Votação elegeu o prefeito de Pirenópolis como o mais influente das cidades turísticas de Goiás e também do Leste goiano

Em cerimônia realizada no Secovi Goiânia, nesta terça-feira (5), o prefeito de Pirenópolis Nivaldo Melo foi premiado como um dos prefeitos mais influentes do estado de Goiás. “Pirenópolis completa 294 anos nesta quinta-feira recebendo um presente, pois esta premiação é dos cidadãos que se empenham para fazer de nosso município o que ele é. Caminhamos para os 300 anos com a certeza de que chegaremos lá como uma das melhores cidades para se viver no Brasil”, enfatizou o prefeito.

Eleito em duas categorias por meio de votação pública, o prefeito de Pirenópolis foi o mais votado na categoria _Cidade do Turismo_, com 43,9% dos votos, a frente de Caldas Novas (24,6%), Paraúna (10,5%), Rio Quente, Aragoiânia e Santa Helena (as três com 3,5% dos votos) e Santa Terezinha e Alto Paraíso (ambas com 1,8% dos votos).

Nivaldo também se destacou na categoria _Prefeito do Leste Goiano_, sendo o mais votado, com 34,6% dos votos, a frente dos gestores de Novo Gama (11,5%), Formosa, Luziânia e Damianópolis (os três com 7,7%), São Domingos (5,8%), Planaltina (3,8%) e Abadiânia (1,9%).

O Prêmio Prefeitos Mais Influentes de Goiás – Edição 2021 é promovido pela Contato Comunicação. Os prefeitos de Goiânia, Rogério Cruz, e de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, também figuraram entre os dez premiados. Para o idealizador do prêmio, Iuri Godinho, a premiação é importante pois indica quem realmente se destaca por meio de seu trabalho.

“Esse não é um prêmio para o prefeito, mas para a cidade. Para nós da administração pública, essa indicação nos mostra que estamos no caminho certo e o quão grande é, também, a nossa responsabilidade”, afirmou Nivaldo Melo.